domingo, 9 de agosto de 2015



Felicidade - O bem comum da humanidade
Matheus Rogériodomingo, 9 de agosto de 2015



Uma vez William Shakespeare disse: "As ideias das pessoas são pedaços da sua felicidade." - Mas nem sempre vivemos felizes, pois os problemas sempre chegam a nós e nos fazem tristes. Mas não devemos deixar que essa tristeza se arreigue em nosso peito. Ignorar as dificuldades que sofremos nesse mundo, eu sei que não é fácil. Mas o mais difícil e conviver com a tristeza.



O Bem comum da humanidade é a felicidade pois, cada um de nós tem algo na vida que ama, não bens materiais, mas algo muito mais valioso do que isso. Cabe a cada um de nós descobrir se deseja encontrar ou não. 

Não desista de sua vida por causa de qualquer um ou por causa de qualquer coisa. O Amor é algo que também trás felicidade e que aparecem mais vezes do que você possa imaginar.




Com certeza a felicidade está mais próxima do que você imagina. Nem que você mesmo que tenha que fazer a sua felicidade. Esqueça os problemas, dos mais "importunos" que sejam. Esfrie a mente e acalme o espírito. 

Como diz as sagradas escrituras, para quem crê no poder que ela tem de resolver os problemas, como eu acredito: "O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele o meu coração confia, e dele recebo ajuda." (Salmos 28:7). 

 

Não desanime agora, o futuro reserva-lhe um presente, no qual você nunca vai esquecer. Só não deixe que a ganancia tome conta de sua vida, família é o bem mais precioso que você tem. Riquezas trazem momentaneamente alegria, mas a verdadeira felicidade é estar próximo de quem se ama. Medite sobre isso, pense em suas qualidades boas e esqueça os defeitos. "Para quem quer, sempre haverá um jeito" - Anônimo. 

Categoria(s) : ,
Matheus Rogério Diretor de Planejamento Cursou administração, marketing, planejamento, gestão de pessoal, manutenção e designer.
Google + e Facebook